About Me

Minha foto
Lucio antonio G. silva
Brazil
Visualizar meu perfil completo

Seguidores

Centenário AD

Sou afiliado

Tecnologia do Blogger.
quinta-feira, 3 de março de 2011

Lição 10 - O Evangelho propaga-se entre os gentios.

Lição 10 - O Evangelho propaga-se entre os gentios.

Contexto Histórico:
Vamos recordar um pouco sobre a  atitude judia para com os gentios Os judeus criam que Deus só considerava a eles  e que as outras nações estavam totalmente fora de sua misericórdia e privilégios. Os judeus realmente estritos não podiam ter nenhum contato com os gentios e nem sequer com um judeu que não guardasse a Lei. Havia duas coisas em particular que um judeu estrito jamais fazia. Nunca teria um convidado, nem seria hóspede de alguém que não observasse a Lei.  Recordando isto, vejamos o que fez Pedro. Quando os emissários de Cornélio chegaram à porta — e notemos que conhecendo a posição judia não transpassaram a porta — Pedro os convidou a entrar e lhes ofereceu sua hospitalidade (v. 23). Quando Pedro chegou a Cesaréia, Cornélio o recebeu na porta, sem dúvida  alguma pensando que Pedro não transpassaria a soleira, e o apóstolo entrou (v. 27). As barreiras estão começando a desaparecer da maneira  mais surpreendente. Isto é algo típico da tarefa de Cristo.Nos tempos primitivos uma das características do cristianismo era que rompia as barreiras; e ainda pode fazê-lo quando existe a oportunidade. 

1. Os gentios no A.T.
Definição de gentio: A palavra gentio designa um não-israelita e deriva do termo Latim "gens" (significando "clã" ou um "grupo de famílias") e é muitas vezes usada no plural. Os tradutores cristãos da Bíblia usaram esta palavra para designar colecticamente os povos e nações distintos do povo Israelita.
 Como sabemos Deus criou primeiramente Adão e Eva e  estes pecaram contra Deus quando tomaram do fruto da arvore do bem e do mal, como criacionistas que somos sabemos que toda a humanidade descende deste casal, quando a Biblia se refere a gentios esta falando de todos aqueles que não fazesta em parte do povo hebraico , esta separação começa a ficar mais evidente a partir da chamada de Abraão.

1.1. Um Novo começo com Noé.
. As condições morais dos dias de Noé   dias haviam deteriorado ao ponto em que Deus determinou inundar o mundo inteiro. Assim, ele selecionou Noé para construir um barco para preservação da vida na terra, e para pregar ao povo a respeito do julgamento devastador que estava se aproximando (2 Pedro 2:5). O Novo Testamento elogia Noé como um modelo de fé e justiça (Hebreus 11:7).
Os filhos de Noé Sem, Cão e Jafé foram pais das três grandes famílias da humanidade. Sem foi o primeiro mencionado,  ocupando o lugar da liderança e destaque nos planos divinos para os povos. Os semitas seriam os líderes espirituais dos homens. Os escolhidos de Deus dentro dessa linhagem ensinariam a religião de Jeová ao mundo. Sabemos que o Messias devia vir através dos descendentes de Sem. Jafé seria o pai de um grande ramo do mundo gentio. Seus descendentes se espalhariam por toda parte em busca de lucros e poder material. Seriam prósperos e excessivamente poderosos. Cão seria o pai de outro  ramo dos gentios, incluindo os egípcios, etíopes, abissínios e grupos afins. Seu filho Canaã, foi o pai dos grupos chamados cananitas, habitantes de Canaã, mais tarde desalojados pelos hebreus.

2- Os gentios no Novo Testamento
 Poderíamos começar este tópico citando João 3:16 " Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." este sem duvida é um dos textos áureos da Bíblia , com o advento da morte e ressurreição de Cristo a porta se abriu para todos . Em Atos percebemos a principio certa reserva em relação aos gentios , vemos que após o episódio de Cornélio e Pedro que a visão começa aos poucos se modificar e com Paulo ela prossegue ,trazendo tema para nossos dias ainda temos muita reserva em relação a outros povos e sua cultura  é preciso programar o evangelho trancultural dentro de nossas igrejas, tratamos dos mais diversos assuntos mais nos omitimos em relação a este tipo de evangelho tão necessário nesta virada de século só para termos uma idéia há 25% da população mundial, ou seja, 1,5 bilhões de pessoas, nunca ouviram do evangelho sequer uma vez. Porém, se falarmos em número de povos, vamos descobrir que da tabela dos 11.874 povos, 3.915 deles nunca ouviram do evangelho. E o que dizer das 340 etnias indígenas brasileiras, das quais 121 não possuem presença missionária evangélica, enquanto que 06 têm situação indefinida. Há 69 línguas indígenas sem tradução da Bíblia. Será que estas pessoas não o direito de ouvir pelo menos uma vez na vida a mensagem de salvação?É urgente tratarmos destas questões dentro e fora de nossas igrejas.

3-Judeus e Gentios unidos por Deus mediante a cruz.
 Aqui temos a Igreja de Cristo formada por todos aqueles que são lavados e remidos no Sangue do Cordeiro, um corpo bem ajustado e em pleno exercício de suas funções, vivemos em uma época onde A divisão religiosa em nossa sociedade é vergonhosa. Muitas pessoas estão confusas num mundo com muitos nomes diferentes de igrejas. Alguns destes nomes honram certos homens, enquanto outros ressaltam pontos doutrinários específicos. A unidade dos salvos é baseada no nome e na doutrina de Cristo. Devemos fazer tudo pela autoridade de Jesus ou em seu nome (Colossenses 3:17). "Não há salvação em nenhum outro. . . nome" (Atos 4:12). Esta unidade é possível somente quando falamos e pensamos a mesma coisa, que é a doutrina de Cristo (1 Coríntios 1:10). Quando os homens começam a seguir outros homens, perdem a unidade com Cristo e seu povo (1 Coríntios 1:11-13). Divisões e contendas acontecem na igreja, em parte, porque algumas pessoas se identificam somente com nomes humanos. Paulo argumentou que deveríamos identificar-nos somente com o Senhor que servimos. Jesus foi crucificado por nós e somos batizados em seu nome. Jesus, e não homens merecem nossa dedicação e honra. Os verdadeiros seguidores de Deus são partes da igreja que pertence a Jesus.

Bibliografia:
BIBLOS - O CD DA PESQUISA BÍBLICA
COMENTÁRIO BIBLICO   BARCLAY, Introdução e síntese do Novo Testamento  Nova Esperança
Revista CPAD-  Jovens e Adultos 1ª Trimestre de 2011

1 comentários:

Rita de Cassia disse...

"...A unidade dos salvos é baseada no nome e na doutrina de Cristo. Devemos fazer tudo pela autoridade de Jesus ou em seu nome (Colossenses 3:17). "Não há salvação em nenhum outro. . . nome" (Atos 4:12)..." Diante desse comentário só posso afirmar dizendo: AMÉM !!! Deus continue te abençoando .

EBD

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...